O Centro de Microscopia Eletrônica (CME) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) é o mais abrangente Laboratório de apoio à pesquisa científica em regime de funcionamento multiusuário da UFPR desde 1968. Atualmente, o CME disponibiliza aos usuários equipamentos em microscopia eletrônica para a caracterização morfológica que possuem resoluções de 0,5 a 3 nm. Outras técnicas acessórias a estes equipamentos se destacam ampliando a capacidade analítica, tais como: a difração de elétrons, análise química de raios-X, a espectroscopia de emissão por catodo luminescência, estereoscopia em microscopia eletrônica de varredura (MEV) (imagem com perspectiva e informação 3D) e microtomografia de raio-X em MEV. Além das capacidades de visualização, espectroscópicas e microestruturais, os microscópios eletrônicos contam com estágios e porta-amostras com controle de temperatura na faixa de -180 a 110°C e na faixa de -25 a 1000°C, o que permite o acesso a observação e registro de alguns fenômenos durante as análises. No campo das microscopias ópticas há um equipamento com resolução de 200 nm acoplado com espectroscopia Raman. Completando o acervo de equipamentos, o microscópio de força atômica (AFM) adquire informações tridimensionais de alta resolução.


Curso: Técnicas em processamento de amostras botânicas para análise em microscopia de transmissão.

Ministrantes:

Prof. Dr. Bruno Francisco Sant’Anna dos Santos (UFPR – Departamento de Botânica)

Prof. Dr. Francisco André Ossamu Tanaka (Departamento de Fitopatologia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ-USP) – Piracicaba-SP)

Serão ofertadas 2 vagas pelo Centro de Microscopia para pós-graduandos de outros cursos.

Interessados, favor enviar solicitação de inscrição com justificativa de interesse até dia 22 de novembro. Manter currículo na plataforma Lattes CNPq para análise seletiva.

E-mail para inscrição: veigaufpr@gmail.com

Cronograma:

04/12/2017 (Segunda-feira)

(09:00 – 12:00 h) Teórica:

  • Apresentação da técnica;
  • Coleta, fixação, desidratação, infiltração e polimerização das amostras.

(14:00 – 18:00 h): Trabalho prático (CME).

  • Coleta de amostras, preparo de fixador, desidratação e infiltração.

05/12/2017 (Terça-feira)

(08:00 – 10:00 h) Teórica:

  • Preparo dos ‘blocos’;
  • Ultramicrotomia.

(14:00 – 18:00 h) Trabalho Prático (CME):

  • Desbaste de ‘blocos’;
  • Ultramicrotomia (cortes semifinos e ultrafinos).

06/12/2017 (Quarta-feira)

(08:00 – 12:00 h): Teórica:

  • Contrastação de cortes ultrafinos.

(14:00 – 18:00 h): Trabalho Prático (CME):

  • Preparo de contrastantes;
  • Contrastação de cortes ultrafinos.

07/12/2017 (quinta-feira)

(08:00 – 12:00h): Trabalho prático (CME):

  • Operação de microscópio eletrônico de transmissão

(14:00 – 18:00h): Trabalho prático (CME):

  • Operação de microscópio eletrônico de transmissão.

08/12/2017 (Sexta-feira)

(08:00 – 10:00):

  • Análise e interpretação de eletromicrografias.6